Metodologia P+L e Economia Verde

Metodologia P+L e Economia Verde
12
Abr

P+L reduz até 40% os Custos …

O que é a Produção mais Limpa (P+L)

As Políticas Ambientais Nacional e Internacional cada vez mais reforçam os regimes jurídicos ambientais com importantes pilares que visam orientar a economia dos países e das sociedades para o desenvolvimento sustentável. Os instrumentos legais multiplicam cada vez mais os procedimentos de comando e controlo em busca de regras de conformidade ambiental exigentes, ao mesmo tempo que proliferam os chamados mecanismos voluntários, entre os quais se destacam os relatórios de sustentabilidade do Global Report Initiative, GRI e Greenhouse Protocol.

A atualização do regime jurídico que estabelece os princípios e objetivos gerais da legislação ambiental, e a implementação em Cabo Verde de programas de utilização eficiente de recursos, alteram a responsabilidade das empresas no tocante ao engajamento da problemática ambiental no processo de planeamento e na promoção de um desenvolvimento durável. O país caminha a passos largos para um Sistema Nacional de Controlo Ambiental mais organizado, com maiores e melhores capacidades e competências de controlo, monitorização e fiscalização, facto que naturalmente exigirá reformas, com enfoque no autocontrolo, em toda a cadeia de exploração, transformação, destinação e consumo dos recursos.

Produção Mais Limpa é uma metodologia desenvolvida pela UNIDO com o objetivo de assistir as empresas na utilização eficiente dos recursos, permitindo ganhos financeiros extraordinários, na ordem dos 40%, através da economia de custos de produção e logística, mas sobretudo benefícios ambientais.

Trata-se de uma estratégia sistemática e integrada para gerir os recursos de forma eficiente, eliminando ou minimizando os resíduos e emissões numa base de custo-benefício sustentável.

Com a realização da terceira edição da formação em PmaisL, a CCB pretende reforçar as competências dos gestores, consultores e quadros técnicos nas áreas relacionadas com a Utilização Eficiente de Recursos e Produção Sustentável (RECP).

Formadora – Rosele de Felippe Wittée Neetzow

  • Engenheira Química (PUCRS, 1983) e Mestre em Ecologia (UFRGS, 1992)
  • Pós graduada em Perícia e Auditoria Ambientalrosele
  • Auditora de Sistema de Gestão Ambiental
  • Formada em Gerenciamento de Projetos(PMBOK), Análise de Ciclo de Vida e Inventários Corporativos de Gases de Efeito Estufa GEE.

Capacitada desde 1996 pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial – UNIDO e pela Organização das Nações Unidas para Programas Ambientais – UNEP em Cleaner Production.

Alto patrocínio do QIR

qir

Objetivos da formação

Reforçar as competências dos participantes para a prestação de serviços nas áreas de consultoria, capacitação e informação ambiental, visando maiores benefícios em termos de competitividade e sustentabilidade das organizações.

No final deste curso, os participantes deverão:

  • Compreender a evolução da abordagem das questões ambientais
  • Conhecer e entender a legislação ambiental aplicável
  • Dominar a abordagem de Fim de Tubo versus P+L
  • Conhecer as várias fases da P+L
  • Estruturar e planificar um projeto de avaliação ambiental no seio de uma organização, incluindo a componente de viabilidade financeira

Conteúdo Programático

  • Histórico da P+L
  • Evolução da abordagem das questões ambientais
  • Resíduo
  • Legislação Ambiental
  • Abordagem de Fim de Tubo versus P+L
  • O passo a passo da metodologia P+L
    • Etapa 1 (Planeamento e Organização)
    • Passo 1: Obter comprometimento e envolvimento da alta direção
    • Passo 2: Estabelecer a equipe do projeto (ECOTIME
    • Passo 3: Estabelecer a abrangência da P+L
    • Passo 4: Identificar barreiras e soluções
    • Etapa 2 (Pré-avaliação e diagnóstico)
    • Passo 5: Desenvolver o fluxograma do processo
    • Passo 6: Avaliar as entradas e saídas
    • Passo 7: Selecionar o foco da avaliação da P+L
    • Etapa 3 (Avaliação)
    • Passo 8: Originar um balanço material e/ou energia
    • Passo 9: Conduzir uma avaliação de P+L
    • Passo 10: Gerar opções de P+L
    • Passo 11: Selecionar opções de +L
    • Etapa 4 (Estudos de Viabilidade em empresas pilotos)
    • Passo 12: Avaliação preliminar
    • Passo 13: Avaliação técnica
    • Passo 14: Avaliação econômica
    • Passo 15: Avaliação ambiental
    • Passo 16: Selecionar as opções a serem implementadas
    • Etapa 5 – Implementação e Continuidade
    • Passo 17: Preparar plano de implementação de P+L
    • Passo 18: Implementar as opções de P+L
    • Passo 19: Monitorar e avaliar
    • Passo 20: Sustentar atividades de P+L

Local, Data e Horário

  • De 16 a 20 de Maio
  • Sala de Formação no Centro de Negócios da CCB
  • Das 09:00 às 13:00 e das 15:00 às 17:00
  • Coffee break servido às 11:00

Condições de participação

  • Data limite de inscrição – 29 de Abril
  • Taxa (simbólica) de participação:
    • Associados – 9.500 ECV
    • Outros 11.875 ECV
  • Clique em Ficha de Inscricao

Inscrição online

[contact-form-7 404 "Not Found"]