Formação Técnico de Turismo

Formação Técnico de Turismo
8
Fev

Porquê considerar este curso

Desde há muito que o sector do turismo tem vindo a afirmar-se como um dos motores de crescimento da economia cabo-verdiana, convertendo as vantagens comparativas de que o país beneficia neste domínio em importantes valores sociais e económicos.

A oferta turística deixou de estar concentrada unicamente no binómio sol-praia, sobretudo devido aos investimentos públicos e privados que vão alicerçando a sustentabilidade desse sector.

O Técnico de Turismo é um profissional que participa na definição, gestão e aplicação de políticas de desenvolvimento turístico, devendo atuar na promoção e comercialização de produtos turísticos ou acompanhando e animando grupos de turistas.

O Turismo é Presente e Futuro de Cabo Verde. Os jovens com vocação para a área do turismo devem procurar competências para se valorizarem profissionalmente neste setor.

Objetivos

Capacitar jovens profissionais para exercer atividades no âmbito das agências de viagem, de operadores turísticos ou organizações de informação turística, nomeadamente Gares Marítimas e Aeroportuárias

Especificamente pretende-se com este curso os seguintes objetivos:

  • Perceber a evolução histórica do Turismo;
  • Ter um vasto conhecimento da geografia turística;
  • Ter em consideração a comunicação e o atendimento ao cliente com o objetivo de conseguir a sua satisfação;
  • Conhecer as normas básicas para emitir documentos usados numa agência de viagens e para calcular preços e tarifas;
  • Conhecer as noções básicas de informática aplicada às agências de viagens;
  • Conhecer o método de elaboração de viagens programadas, analisando os seus custos e determinando o melhor preço de venda;
  • Conhecer a legislação vigente;
  • Dominar o vocabulário básico de português, inglês e francês para um melhor desempenho da sua atividade profissional.

Perfis profissionais esperados

No final da formação, o Técnico de Turismo estará apto a desempenhar funções em:

  • Postos de informação turística
  • Agências de viagens
  • Empreendimentos turísticos
  • Companhias aéreas
  • Câmaras municipais (Departamento sociocultural, posto Informação turística)
  • Associações de Desenvolvimento Local e Regional
  • Parques naturais;
  • Estabelecimentos hoteleiros;
  • Outras atividades públicas ou privadas ligadas à atividade turística (aeroportos, portos, terminal de cruzeiro

Para além dos resultados esperados e que decorrem diretamente dos objetivos específicos do projeto, no final da formação, os técnicos certificados devem possuir competências para:

  • Elaborar circuitos turísticos;
  • Receber e atender turistas nacionais e estrangeiros.
  • Fornecer informação acerca dos diferentes destinos, suas culturas e procedimentos legais a observar;
  • Reunir informações sobre disponibilidade, custos e utilização dos diferentes meios de transporte e modalidades de alojamento, tendo em conta as exigências dos utentes;
  • Comercializar meios de transporte e alojamento;
  • Assegurar a ocupação e entretenimento de diferentes públicos, tendo em conta os locais onde se encontram;
  • Reunir os recursos necessários, nomeadamente equipamentos, para pôr em prática atividades de animação turística;
  • Desempenhar todas as tarefas inerentes a uma agência de viagens, nomeadamente a organização de viagens;
  • Promover e comercializar projetos e produtos turísticos.

Quem pode participar

Este curso é dirigido a jovens que tenham terminado a escolaridade mínima obrigatória, e com aptidões em adquirir competências na área do turismo e hotelaria. Para mais, o sucesso da aprendizagem exige dos participantes as seguintes características:

  • Apetência pela aprendizagem das línguas inglesa e francesa;
  • Apetência para a integração em trabalho de equipa;
  • Iniciativa e criatividade;
  • Apetência para a adaptação dos conhecimentos adquiridos a novas situações;
  • Sentido de Responsabilidade.

Conteudo programático

Módulos

Carga horária

Fundamentos de Turismo e Animação Turística

24

Gestão de Eventos em Turismo

21

Agências de Viagens e Operadores Turísticos

24

Roteiros e Itinerários Turísticos

21

Gestão de Hospitalidade

24

Língua Inglesa

24

Língua Francesa

24

Planeamento e Empreendedorismo

16

Cultura e Geografia Cabo-verdiana

21

Postura e Ética Profissional

24

Informação e Acolhimento Turístico

16

Estágio

100

Total carga horária

360

Recursos materiais, pedagógicos e logisticos

Manual, exercícios pedagógicos, documentos formais exemplificativos, entre outros;

Sala com boa luminosidade, ventilação, temperatura e isolada de ruídos perturbadores ao bom funcionamento, que respeite as regras de ergonomia dos formadores e dos formandos; com espaço suficiente para permitir a concretização de dinâmicas de grupo e da disposição em “U”, no sentido da facilitação da comunicação;

Data, Local e Horário

360 horas de formação distribuídos por 264 horas em sala e 100 horas de estagio

  • Data – Inicio a fixar
  • Local – Sala de formação da CCB
  • Horário formação em sala – 14:00 – 18.00

Horário estagio – 5 horas dia, a combinar com a gerência das empresas

Condições de partiicpação

A inscrição na formação pressupõe a liquidação da taxa inicial equivalente a 10.000,00 a qual será contabilizado no valor total da formação.

Jovens com idade entre 17 e 30 anos, mulheres desempregadas e pessoas portadoras de deficiência, podem beneficiar da linha de crédito do Fundo de Promoção do Emprego e da Formação, nas seguintes condições, amortizável em 14 prestações, sem taxa de juros.

Taxa de participação:

Por determinar, em função de financiamentos de terceiros.

Para inscrever pode baixar esta Ficha de Inscrição ou faze-la online nesta pagina

Inscrição online

[contact-form-7 404 "Not Found"]