Formação “Preparação e Estratégia na Internacionalização”

16
Set

internacionalizacao_002

Fazer NEGÓCIOS num mercado cada vez mais global, e Cabo Verde não foge a regra, é o desafio de todas as empresas e empreendedores nacionais. Trata-se de uma luta permanente que deve ser acompanhada de capacitação técnica, na busca de melhor competitividade no mercado interno e de oportunidades para expandir os negócios nos mercados externos, incluindo o do turismo.

Esta é a base de orientação da formação promovida pela CCB, intitulada de Preparação e Estratégia para Internacionalização, numa altura em que o desenvolvimento económico de Cabo Verde depende cada vez mais da capacidade das organizações de aproveitarem as potencialidades e oportunidades do IDE, seja em forma de joint-ventures, representações, abertura de capital, exportações, etc.

Como enquadrar as empresas cabo-verdianas, atendendo a sua especificidade, na lógica do processo da globalização da economia; como estruturar uma abordagem sistemática e integrada do processo de Internacionalização; quais as ferramentas que podem facilitar a definição de um plano estratégico; a necessidade de distinguir as estratégias mais adequadas à cada situação.

Estes são alguns dos elementos fortes a serem trabalhados durante a formação, a qual conta com forte financiamento do Programa de Ajuda ao Comércio – Quadro Integrado Reforçado

gestao_resultados

A quem se dirige

Empresários, empreendedores, administradores, gestores, quadros técnicos e consultores com responsabilidades ao nível de processos de internacionalização, licenciados e bacharéis que pretendam adquirir competências nesta área.

Equipa Técnica

A equipa de formadores é constituída por 2 consultores seniores, especialistas nas temáticas da formação a ministrar, com larga experiência em contextos internacionais, nomeadamente em Cabo Verde, assim como possuem experiência prévia em internacionalização de empresas. Serão responsáveis por apoiarem a elaboração de conteúdos técnicos e pela monitoria dos módulos de formação.

Terão a responsabilidade de se preparar na utilização dos suportes elaborados, monitorar o curso, alimentar o dossier técnico e pedagógico, avaliar e desenvolver o relatório final.


Franklin Chagas
é Mestrando em Gestão Empresarial no ISCTE, Pós-franklingraduado  em Comércio Internacional e Licenciado em Economia pela UNL. Administrador do Grupo MundiServiços desde 1988 com larga experiência na ajuda à internacionalização de PME´s. É Formador/Consultor, especialista na área da Gestão Estratégica, Internacionalização, Gestão Financeira, Gestão de Projetos, Projetos de Reengenharia entre outras, com experiência de mais de 16 anos em Cabo Verde como consultor e formador

isidroIsidro Simões é licenciado em Economia pela Universidade Nova de Lisboa e possui diversas formações complementares, entre as quais em “Gestão, Coordenação e Planeamento de Projetos”, “Redes de Parceria” e “Formação Pedagógica de Formadores”. Partner & Director da MundiServiços, é um profundo conhecedor um profundo conhecedor da área da Cooperação Internacional para o Desenvolvimento, muito em particular dos países de língua oficial portuguesa (PALOP e Brasil), mercados onde, há mais de 20 anos, tem vindo a trabalhar em projetos para entidades governamentais, instituições públicas e grupos empresariais privados

Objetivos gerais

  • Perspetivar as diferentes estratégias e formas de internacionalização;
  • Percorrer as diferentes etapas do processo de internacionalização e seu controlo
  • Sensibilizar os gestores para os aspetos críticos de sucesso para a preparação e desenvolvimento
    dessas estratégicas
  • Compreender o Procurement Internacional e o processo de resposta a concursos

Objetivos específicos

No final da formação os formandos deverão ser capazes de:

  • Enquadrar as empresas cabo-verdianas na lógica do processo de globalização da economia dos países e das empresas;
  • Proceder a uma abordagem sistemática e integrada do processo de Internacionalização;
  • Compreender as diferentes etapas do Processo de Internacionalização
  • Desenvolver Planos Estratégicos integrando a Internacionalização;
  • Utilizar Ferramentas facilitadoras da definição de um Plano Estratégico;
  • Comparar e escolher as Estratégias mais adequadas a cada situação;
  • Transmitir uma perspetiva de ambição, de rigor e qualidade, na abordagem aos mercados
    internacionais;
  • Desenvolver metodologias para a elaboração de um projeto de internacionalização.

Conteúdos Programáticos

  • A problemática das PME´s cabo-verdianas face à globalização
  • A abordagem sistemática da Internacionalização
  • Fases de um Projeto de Internacionalização
  • Conceção e Preparação do Processo de Internacionalização
  • Instalação do Processo de Internacionalização
  • As estratégias de exportação/Internacionalização
  • Consolidação do Processo de Internacionalização
  • Procurement Internacional

Metodologia pedagógica

Serão utilizados métodos ativos e participativos, que fomentem a participação dos participantes e a partilha das suas experiências, através de exercícios práticos e trabalhos de grupo.

A transferência dos saberes será realizada com recurso a casos que serão desenhados com a participação dos formandos no início da formação. A apresentação dos saberes técnicos será ilustrada com a realização de exercícios em torno dos casos selecionados inicialmente.

No final do curso os participantes terão desenvolvido um plano de ação para o caso em estudo que incluirá a formulação de objetivos, resultados a prosseguir, métricas de controlo e métodos de acompanhamento dos colaboradores e equipas.

Recursos e materiais didáticos

  • Planos de sessão
  • Manual da formação,
  • Apresentação em ppt
  • Exercícios/casos práticos;
  • Sala equipada com computador portátil, videoprojector, quadro branco e quadro flip chart com as respetivas canetas e internet;
  • Sala com boa luminosidade, ventilação, temperatura e isolada de ruídos perturbadores ao bom funcionamento, que respeite as regras de ergonomia do formador e do formando

Para além do referido, será entregue ao participante, no início da formação, uma pasta contendo a documentação de apoio, uma caneta e pen drive, para além de outros materiais necessários à formação.

A formação terá um relatório de avaliação final.

Local, Data e Horário

  • Mindelo, dias 3, 4 e 5 de Outubro
  • Sala de Formação no Centro de Negócios da CCB
  • Das 08:30 às 13:00 e das 14:30 às 17:00
  • Coffee break servido às 11:0

Condições de participação

  • Associados da CCB – 9.500 ECV
  • Outros – 11.700 ECV