V Programa Indicativo de Cooperação

Luxemburgo vai apoiar Cabo Verde com 21 milhões de euros no setor do emprego e da empregabilidade, no quadro do V Programa Indicativo de Cooperação (PIC) para quatro anos.

V Programa Indicativo de Cooperação (PIC)

O próximo PIC, intitulado de "Desenvolvimento, Clima e Energia", assinado pelos governantes cabo-verdianos a 8 de julho, prevê 21 milhões de euros para o emprego e a empregabilidade, para além do habitual apoio orçamental, de 10 milhões de euros. Esta afirmação foi feita pelo encarregado de negócios da Embaixada do Luxemburgo, Thomas Barbancey, durante a última reunião do Comité de Pilotagem do programa conjunto para o Emprego, Empregabilidade e Inserção.

Em 2020, segundo esse responsável, os seus parceiros não serão esquecidos, de forma a não pôr em causa os objetivos previamente determinados. Assim, o Programa Emprego e Empregabilidade e o Jovem Emprego serão prolongados até o fim de 2021, tendo em conta a nova realidade.

Água e saneamento, transição energética, clima e desenvolvimento local são outros dos setores beneficiados com este apoio quadrienal de Luxemburgo a Cabo Verde.